quinta-feira, 25 de junho de 2015

Barba-de-velho

Tillandsia usneoides (L.) L.

Angiospermae - Bromeliaceae


Nomes populares - Barba-de-velho, spanish-moss

Epífita, crescendo pendente de árvores em galhos acima de 8 m de altura, desprovido de raízes. Folhas verdes com denso indumento cinéreo, filiformes.

Flores verdoengas, muito reduzidas, sendo quase imperceptíveis. Fruto capsula cilíndrica.


Originaria das Américas tropical e subtropical, esta difere muito na forma de crescimento das outras bromélias. Suas folhas muito finas e extremamente alongadas formam extensos fios , os quais são completamente desprovidos de raízes quando o individuo é adulto. Tais fios caem entrelaçados dos galhos altos das árvores em locais ensolarados e onde exista umidade disponível no ar.


Ocorre em abundancia devido ao seu método de proliferação, pedaços das folhas espalhadas e quebradas pelo vento se entrelaçam em outros galhos e a partir dai crescem. Esta espécie é tão especializada a esse tipo de hábito, que sua queda no chão representa sua morte. Tolera geadas e corre também em todo sul do país.

Citação - As Plantas Topicais de R. Burle Marx - Harri Lorenzi, Luiz Emygdio de Mello Filho.


Nota do Blog - Esta sequencia de fotos são de minha autoria, feitas no quintal de minha casa. Na primeira foto nota-se que fiz uma cortina dela, que enrolei em uma mangueira preta de plastico com aspersores. Estes aspersores são para molhar a Bromélia, ao mesmo tempo as plantas do entorno, banho das aves (olha o Beija-flor-tesoura)
 Deixei o aspersor ligado para se ter noção da beleza da planta com ele ligado, local de paz, meditação, observação de aves, sol filtrado pelos raios solares, em meio troncos, ramos das  plantas. Por aqui gosto de fazer minhas orações e Louvar a Deus.
Ia esquecendo algumas aves, usam os os raminhos para fazerem seus ninhos. Perfeito.

Bromélias de Arceburgo-MG - Numero 4


Foto de Sérgio Bordignon
Feita em RS, Santo Antonio da Patrulha, Campestre

Inclui esta foto, para mostrar a planta em seu estado nativo






2 comentários:

  1. Ademir, como vai?
    O título da postagem me chamou a atenção, aí dei uma passadinha por aqui... E como sempre me deparo com imagens belíssimas!!!
    Um abraço

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. Obrigado querida amiga. Sempre prestigiando o Blog.

      Excluir